Carlos António Abreu Fonseca Varandas

Presidente da Assembleia de Freguesia

Carlos António Abreu Fonseca Varandas nasceu em 1951, no lugar e freguesia de Pinheiro de Coja, no concelho de Tábua, é casado e tem dois filhos.

A sua Formação Académica iniciou-se na Escola Primária da aldeia onde nasceu, continuou no Externato Oliveira Martins na Amadora e no Liceu Nacional de Oeiras e terminou no Instituto Superior Técnico (IST), onde concluiu em 1974 a Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica, o Doutoramento em Física no ano de 1984 e a Agregação em Engenharia Física Tecnológica em 1996.

A sua Atividade Profissional no ensino superior e na investigação científica decorreu no IST, de Marco de 1974 a Outubro de 2013, tendo percorrido todas as categorias da Carreira Docente Universitária, sendo Professor Catedrático do Departamento de Física desde Fevereiro de 2000. A atividade de investigação científica iniciou-se no Centro de Eletrodinâmica e prosseguiu no Centro de Fusão Nuclear, hoje Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear (IPFN). É especialista em Física e Engenharia Nuclear. Orientou dezenas de dissertações para provas de pós-graduação. Foi responsável por alguns dos mais importantes projetos e programas da sua área de especialidade, com relevo especial para o Tokamak ISTTOK, o Contrato de Associação entre a Comunidade Europeia de Energia Atómica (Euratom) e o IST e para o Contrato de Laboratório Associado do IPFN com a Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

Exerceu vários cargos na Gestão do IST. A nível central foi Presidente do Conselho Diretivo de Outubro de 1979 a Fevereiro de 1980, Membro do Conselho Diretivo de Abril de 1980 a Setembro de 1979, Presidente do Conselho Pedagógico em 1986 e 1987, Presidente-Adjunto para os Assuntos Administrativos em 1999 e 2000, Vice-Presidente do Conselho de Gestão Responsável pelo Campus Tecnológico em 2012 e 2013, Membro da Assembleia de Representantes em 1979 e 1980 e de 1985 a 1992, e Membro da Comissão Coordenadora do Conselho Científico de 1988 a 1990 e de 1995 a 1997. A nível das Unidades foi Presidente do Departamento de Física de 2002 a 2006, do Centro de Informática em 1982 e 1983, do Centro de Fusão Nuclear e do Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear de 1991 a 2012.

Na Universidade Técnica de Lisboa (UTL) e na Universidade de Lisboa (UL) foi membro da Assembleia e do Senado da UTL de 1990 a 1993, do Conselho Geral da UTL e da Comissão para a Elaboração dos Estatutos da UL.

Em Portugal foi ainda vogal da Comissão Instaladora do Instituto Tecnológico e Nuclear em 1995, Coordenador da Divisão de Plasmas da Sociedade Portuguesa de Física de 1992 a 1998, Presidente da Comissão de Segurança do Reator Português de Investigação de 2000 a 2008 e responsável pela Participação Portuguesa no Programa de Cooperação Técnica da Agência Internacional de Energia Atómica de 2012 a 2015.

Na União Europeia foi Delegado Nacional a vários Organismos e Programas Comunitários e Internacionais, onde, entre outras funções, foi Presidente do “Fusion Technology Steering Committee-Implementation” de 1996 a 1999, ”Presidente do Comité de Gestão do “European Fusion Development Agreement” de 2000 a 2008, Presidente do Conselho de Administração da “Fusion for Energy” de 2008 a 2012, Vice-Presidente do Comité Técnico e Científico do Tratado Euratom de 2013 a 2017, Membro do Conselho do ITER, o maior projeto de investigação e desenvolvimento jamais realizado no nosso Planeta, de 2008 a 2012, e Membro do Comité de Gestão da “Broader Approach”, um acordo bilateral entre a Euratom e o Governo do Japão, de 2008 a 2012. Atualmente é Membro do Conselho de Administração da “Fusion for Energy” e Delegado Nacional aos Comités do Programa Euratom de Fusão e Fissão.

A nível Europeu tem sido Delegado Nacional ao “Fusion Power Coordinating Committee” da Agência Internacional de Energia de 2010 até ao presente e ao Comité de Gestão da Agência de Energia Nuclear desde 2004 até à presente data, tendo sido Vice-Presidente do FPCC de 2013 a 2017.

Foi responsável pela organização em Portugal de muitas reuniões científicas e gestão de Ciência e Tecnologia, bem como de conferências científicas de grande e média dimensão, como, por exemplo, SOFT-1966 em Lisboa, EPS-2001 no Funchal, FEC-2004 em Vilamoura e SOFT-2010 no Porto. Integrou Comités Científicos de várias conferências realizadas em Países Estrangeiros. Organizou várias ações de divulgação científica e cursos de Formação Profissional.

Após a sua aposentação antecipada da Função Pública, tem exercido várias atividades fora do binómio Ensino Superior/Investigação Científica: é Gerente-Coordenador da UPAL- União Panificadora da Amadora Limitada, desde 1 de Janeiro de 2015, Presidente da Assembleia Geral da Associação dos Industriais de Panificação de Lisboa, desde Junho de 2017, e Presidente da Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Pinheiro de Coja e Meda de Mouros, desde 15 de Outubro de 2017.

Em 2005 foi agraciado pela República Portuguesa com o título de Grande-Oficial da Ordem do Infante Dom Henrique e recebeu em 2017 a Medalha de Mérito à Ciência atribuída pelo Governo Português sob proposta do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e em Abril de 2018 a Medalha de Ouro de Mérito Cultural e Científico do Município de Tábua.

English »